sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

RASTO NA SOMBRA

Retrato de José Manuel Capêlo, pintura de Emília Matos e Silva (madressilva)


Há uma luz triangular
debaixo do meu caixão de vida.

Ergue-se como estrela
e
afasta-se como sombra atormentada.

José Manuel Capêlo, em Fala do Homem Sózinho, Ed. Danúbio, 1983

1 comentário:

maria azenha disse...

Paz , meu querido Amigo Zé Capêlo.
A minha gratidão.


Tua " Irmã",

maria azenha