sábado, 6 de fevereiro de 2010

Silêncio Azul

pintura de René Magritte


Neste silêncio de rochas talhadas
nesta maresia de ecos distantes
soam contornos de bocas fechadas
em palavras de amantes.
.
José Manuel Capêlo, Rostos e Sombras, Sílex, 1986

1 comentário:

alfa disse...

Alô (Re)encontro inevitável passei por aqui...via I blog your pardon...redjan...vidassimples pensamentoselevados, gostei muito do seu blog...vou voltar.